Scroll Top

Assista Agora ao Treinamento Online Grátis com a Técnica que uso para Gerar um Faturamento de R$ 14.465,70 por Mês!

Freelancer

Freelancer – Vida Financeira Estável!

Muitas pessoas até gostariam muito de seguir carreira freelancer, porém acreditam erroneamente que ter um emprego em uma empresa seja sinônimo de estabilidade, o que é uma grade ilusão, e vou mostrar aqui alguns dos principais motivos pelos quais eu afirmo que um profissional freelancer possui maior estabilidade financeira do que um assalariado, leia o artigo e deixe seu comentário ao final, nos dê sua opinião!

Estabilidade Financeira!

Quando se trabalha para uma empresa existe a falsa crença de possuir estabilidade financeira, e vou explicar alguns dos fatores que torna esta crença uma farsa, veja que ter sua carteira assinada não quer dizer que seu contratante tem a obrigação de lhe manter contratado, mas sim de lhe pagar pelo seu serviço efetivamente feito! Ou seja, não trabalhou? Não recebe!

Até aqui já deu para notar que o freelancer está em vantagem, pois para iniciar um trabalho este normalmente recebe um sinal do pagamento.

Em ambos os casos o contratante pode a qualquer tempo não querer mais os seus serviços, esta é uma grande verdade, porém há uma grande diferença aqui, o assalariado normalmente tem em seu emprego sua única fonte de renda, quando o perde sua renda cai para ZERO (vale lembrar que existe o seguro desemprego, que além de ser pouco, ainda é proporcional ao tempo trabalhado, ou seja, dependendo de quanto tempo trabalho na empresa pode sim sair dela com ZERO de renda).

Já o profissional freelancer não deve nunca trabalhar apenas para um cliente, pois mesmo que seja dispensado por um, ainda possui outros rendimentos, de forma que sua vida financeira até pode ser abalada, mas nada que possa o levar a depender de outras pessoas para pagar suas contas.

Então fica aqui uma dica importante, tenha sempre fontes diversificadas de rendimentos!

Liberdade Financeira!

O assalariado não possui a menor liberdade financeira, depende de tudo e por tudo da empresa onde trabalha, já o freelancer é financeiramente livre, possui total autonomia e liberdade para gerir sua vida financeira, e vou dar um exemplo:

O profissional decide que ao final do ano quer viajar para fora do país e ter suas merecidas férias em um lugar realmente fantástico. E sabe que para isso basta trabalhar uma ou duas horas a mais durante o ano, e poderá ter este gasto sem adquirir nenhuma dívida.

O assalariado: Dependerá de sua empresa, caso sua empresa tenha rígidas políticas com relação a horas extras, poderá dizer adeus para suas férias, pois com sorte terá direito ao famoso banco de horas rsrsr

O freelancer: Irá tranquilamente fortalecer suas estratégias de marketing, captar mais clientes e trabalhar uma hora a mais todos os dias, e ao final do ano fará sua tão sonhada viagem.

Maturidade Financeira!

Quem trabalha como funcionário de qualquer empresa está acostumado a deixar importantes escolhas nas mãos da empresa, já o freelancer tem uma liberdade maior para escolher como será seu futuro financeiro, com coisas simples, por exemplo:

Assalariado: possui FGTS

Freelancer: pode poupar uma parte de seus rendimentos mensalmente e aplicar em algum fundo de investimento que seja mais rentável.

Assalariado: Aposenta pelo governo.

Freelancer: pode também fazer o recolhimento dos impostos e ter todos os mesmos direitos, e ainda a maior parte opta por previdências privadas, que são um pouco mais caras, porém além de seguras costumas oferecer benefícios mais atrativos.

Estas são algumas das diferenças que na minha opinião tornam a vida financeira do profissional freelancer muito mais segura. E você, o que acha?

Sobre o autor | Website

Olá! Sou Vinicius Horta e tenho 37 anos, trabalho com Marketing Digital a 6 anos (quase 7 já). Aqui você aprenderá como construir negócios rentáveis online trabalhando no conforto de sua casa, exatamente como eu faço a 6 anos. Sou Web Designer com formação pelo SENAC e apaixonado por Copywriting e análise de dados de campanhas de Marketing Digital.

Treinamento Online Grátis

Assista Agora ao Treinamento Online Grátis com a Técnica que uso para Gerar um Faturamento de R$ 14.465,70 por Mês!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

4 Comentários

  1. Lúcio disse:

    Me desculpa meu querido, mais esta comparação é péssima, ser freelance é bom pra quem não gosta de cumprir ordens, de acordar cedo, de ter pensão descontada diretor da folha e várias outras coisas.
    Já fui Freelance por anos e hoje trabalho em uma multi nacional com registro em carteira, pago também uma previdência e não vou depender somente do governo,
    Esqueceu de comentar em caso de demissão, temos multa, Fundo de garantia e outros benefícios que garantem estabilidade financeira até conseguir um novo trabalho.

    Não concordo em relação sua posição de desvantagem, depende muito, com certeza você ser aqueles caras que sempre dependeu dos pais, nunca teve registro em carteira e agora faz “bicos” aqui e lá para se manter, e por não gostar de trabalhar, julga nós trabalhadores como menos favorecidos.

    A comparação não foi boa. Desculpa.

    • Olá Lúcio.
      Antes de qualquer coisa, me desculpe se em algum momento a minha comparação o ofendeu por ser um assalariado, realmente esta não é minha intenção de forma alguma, eu apenas explanei sobre o grande potencial que existe em uma carreira freelancer e seus benefícios enquanto profissional.
      E todas as estabilidades (que são descontadas de seu pagamento), qualquer freelancer com um mínimo de senso o fará por conta própria, assim continuo achando minha comparação válida.
      Agora, sua afirmação sobre profissionais Freelancers não gostarem de trabalhar, olha, nem vou falar nada rsrsr Eu mesmo trabalho 14 horas por dia de segunda a segunda rsrs

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.